Uma das maiores manifestações sociais e culturais, a arte de rua não precisa de reconhecimento nem de movimento, precisa das ruas.

 A ARTE DE RUA POTIGUAR INVADE PARIS

Kefren Pok cresceu admirando a arte urbana, e foi através do curso de Design Gráfico que teve seus primeiros contatos com o meio. Desenhava desde pequeno e, a partir de uma oficina, viu nas ruas uma oportunidade de se expressar, uma forma de se preencher. O artista até então cursava Petróleo e Gás, e não sentia que aquele fosse o seu meio. Entre várias situações de preconceito com sua arte, Pok foi preso e teve que pagar sua pena com serviços voluntários no Hospital Walfredo Gurgel, mas nada que o afastasse de sua arte.

Hoje, após seis anos de trabalho nas ruas, ele ainda vê preconceito, mas isso vem sendo rompido por um cenário que está em crescimento e com portas abertas para artistas como ele.

"A lata de tinta para as ruas é tão poderosa quanto uma arma, que ao contrário dela, fala o que o artista sente; transmite a mensagem da arte e a mesma não deveria ser marginalizada".

O cenário artístico urbano vem crescendo com o apoio de empresas e de grupos como, os Murais do sol e o Coletivo Aboio. A cidade vai ganhando mais cores e a arte valoriza seus espaços.

Sobre levar a arte para Paris, a proposta surgiu após uma exposição na Pinacoteca, em abril deste ano. Um grupo da França chamado "Pixo" entrou em contato com o Coletivo Casa Vermelha (que possui o projeto "In Arte Urbana") e que terá sua segunda edição no dia 25 de agosto. Lá conheceram o trabalho de Pok, e o convidaram para expor sua arte em Paris com outros dois artistas brasileiros, além dos franceses. O nome da exposição é "Rio, Paris”. A partir desse convite surgiram outros, e Pok deve passar em torno de 20 dias em Paris. Para isso se tornar viável, criou-se o projeto "Pok Viaja/Paris" no site Catarse. Assim as pessoas podem doar dinheiro para custear essa viagem e dessa forma ajudar a levar a arte urbana potiguar a Paris.

 "Precisamos mostrar a todos, estar presentes nas escolas, nos condomínios, nos muros de empresas e nas paredes das casas. Precisamos fazer barulho com a lata na mão, ensinar a todos que existe arte na rua que não deve ser marginalizada; eu a vivo e acredito ser importante passar para as pessoas, para que a tenham como arte".

Kefren Pok

 

 

Vídeo da campanha “Pok viaja/Paris”:

https://www.facebook.com/kefren.pok/videos/vb.100000346324033/1215141965174003/?type=2&theater

 

Link Perfil: https://www.facebook.com/kefren.pok?fref=ts

Link: Murais do sol https://www.facebook.com/muraisdosol/?fref=ts

Link: Coletivo Aboio: https://www.facebook.com/aboioarte/photos?ref=page_internal&qsefr=1

Link Catarse:  https://www.catarse.me/pok_viaja_paris_b122

 

 

Todo o conteúdo publicado nesta seção, é de inteira responsabilidade do seu autor. A Agenda Natal não necessariamente concorda com as opiniões aqui expressas e não impede a liberdade de expressão de cada pessoa que colabora com o site.

META