Educador físico Allan César lhe orienta a prevenir as adversidades do início dos treinos e explica benefícios da modalidade.

Corrida de Rua: dicas e benefícios

A corrida de rua vem se tornando bastante popular no Brasil e o número de competições envolvendo esta modalidade só cresce no país. Algumas delas se tornaram tradicionais no calendário esportivo canarinho e são realizadas anualmente, como por exemplo a Corrida de São Silvestre, as maratonas de São Paulo e Rio de Janeiro, a Volta à Ilha de Florianópolis e a Track&Field Run Series, esta que é realizada em várias capitais brasileiras ao longo do ano, inclusive em Natal.

 

Diante da visibilidade que a corrida de rua vem ganhando ano após ano, muitas pessoas passaram a se interessar mais pelo esporte e o surgimento de novos atletas é recorrente, sejam eles profissionais ou amadores. Em várias praças potiguares, por exemplo, é possível perceber um elevado número de atletas realizando seu treinamento diário em busca da melhora no tempo de corrida, ou simplesmente pela qualidade de vida que a modalidade proporciona, sendo ela, inclusive, uma das mais recomendadas por médicos e educadores físicos num processo de perda de peso.

 

Muito provavelmente, 95% das pessoas que estejam lendo esta coluna praticam ou pelo menos pensam em praticar a corrida de rua. Neste último caso, dúvidas começam a surgir em suas cabeças e solucioná-las algumas delas é o objetivo deste texto. Quais os reais benefícios deste esporte? Como obter o melhor resultado? Com que frequência mudar a intensidade do treinamento? Estas são, sem dúvidas, questões frequentes entre os novos adeptos da modalidade.

 

Pensando nisso, convidei o treinador pessoal Allan César, graduado em Educação Física pela Universidade Potiguar (UnP) e pós-graduando em Treinamento de Força pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), para responder as questões a clareá-las junto aos novatos que planejam iniciar seu treinamento nos próximos dias. Segundo o profissional, são vários os benefícios causados pela prática da corrida, mas alguns são dignos de destaque maior, como a melhora do sistema cardiorrespiratório, da capacidade cardiovascular e pulmonar; controle do colesterol e do peso corporal; melhora do sistema sanguíneo e circulatório, além da redução da gordura corporal.  

 

É bem provável que você já tenha ouvido falar que, depois da corrida, determinada pessoa passou a se sentir melhor em vários aspectos da sua vida pessoal. Alguns creem que isso não passa de uma farsa, outros realmente descobrem a ‘magia’ quando passam a praticar o exercício. Allan explica que, de fato, existe uma melhora na autoestima do praticante da corrida de rua, e essa melhora pode ser identificada em vários setores: “Alguns artigos citam que pode melhorar até mesmo a socialização com outras pessoas, mas eu destaco o que mais presencio entre os praticantes de corrida, que é a melhora na parte estética do indivíduo e a autoconfiança que ele passa a ter em suas atividades diárias”, conta.

 

Também é comum nos novatos praticantes da corrida de rua que exista uma certa ansiedade para melhorar cada vez mais o seu desempenho nos treinamentos. Entretanto, é necessário ter cuidado quando decidir aumentar a intensidade do mesmo. Para César, mudar o seu plano de treino vai variar de acordo com o seu objetivo, mas ele deixa uma margem para essa prática: “Aumentar a intensidade depende de muitos fatores, como a resposta fisiológica do seu corpo, o controle de assiduidade e o desempenho na atividade atual, além da condição física de recuperação que vem sendo desenvolvida. Portanto, dependendo disso, em torno de 4 semanas pode ser possível fazer alguma alteração no treino”, explicou. 

 

Allan encerrou sua participação elencando algumas recomendações para as pessoas que planejam ter um bom resultado praticando a corrida de rua, e a primeira delas é uma consulta junto a um profissional habilitado para que ele possa lhe dar as devidas orientações antes da prática, sem pular etapas: “O que posso dizer é que alguns fatores como a escolha de um local linear para praticar a corrida vão te ajudar na prevenção de lesões. Além disso, você precisa respeitar os limites do seu corpo de acordo com seu período de descanso e procurar repor o seu gasto energético (alimentação) da forma mais saudável e nutritiva possível. Este é, sem dúvida, um bom começo”, concluiu.

 

 

As corridas de rua estão entrando de uma vez por todas no calendário esportivo do Rio Grande do Norte. No ano passado, houve a realização da Meia-Maratona do Sol com categorias de 5, 10 e 21km, competição esta que deve ser repetida neste ano em meados do mês de novembro. Portanto, fica a dica para que você que acabou de ler este texto: procure um profissional, inicie seu treinamento e vise competições. Por mais que você não as vença, não existe felicidade maior do que cruzar a linha de chegada e ver que mais um limite do seu corpo foi superado. Mova-se! 

Todo o conteúdo publicado nesta seção, é de inteira responsabilidade do seu autor. A Agenda Natal não necessariamente concorda com as opiniões aqui expressas e não impede a liberdade de expressão de cada pessoa que colabora com o site.

META