Ieverson Henrique é faixa preta e representa o RN no ranking nacional da categoria 54kg

Taekwondo: Atleta potiguar coleciona títulos Brasil afora

Quatro vezes campeão estadual, campeão brasileiro interclubes, campeão da Copa das Confederações e vice-campeão nacional. Essas são apenas algumas das conquistas do jovem lutador potiguar de Taekwondo, Ieverson Henrique (na foto, de vermelho). Residente do bairro do Alecrim, o faixa preta ainda têm muitas metas à serem cumpridas em sua carreira de atleta. 

Presente na Seleção do Rio Grande do Norte e disputando pontos ano a ano no Ranking Nacional, Ieverson começou a lutar com 11 anos de idade e o espírito competidor não demorou muito à aflorar: com apenas duas semanas de treinos, disputou um torneio estadual e, mesmo sem qualquer experiência, foi finalista e acabou ficando com a medalha de prata, fato este que só comprovou o seu talento para o TKD.

Após anos de treinos, competições e sobretudo vitórias, Ieverson tornou-se faixa preta em 2010. Como dito anteriormente, é da Seleção do Estado e participa dos torneios na categoria 54kg. Para alcançar este patamar, rodou o Brasil disputando campeonatos do Amazonas ao Rio Grande do Sul e sempre colecionou bons resultados. Desde 2011, o jovem lutador passou a receber o benefício 'Bolsa Atleta', do Governo Federal, que o auxilia nas viagens para as competições em outros Estados. Entratanto, a bolsa não é reajustada há anos e tem dificultado sua participação nos torneios.

"Há cinco anos eu recebo a Bolsa Atleta, mas já faz um bom tempo que o benefício não é reajustado e isso está dificultando minha vida esportiva. Para conseguir arcar com os custos dessas viagens, tenho procurado fazer atividades extras e assim vou complementando minha renda", explicou.

Apesar de bem-sucedido no esporte, Ieverson destacou que ainda falta um desejo seu à ser realizado, desejo esse que é comum entre os atletas de modalidades olímpicas: "Meu sonho dentro do esporte é o mesmo da maiorias dos atletas: participar dos Jogos Olímpicos. Em 2016 não tem mais condições por questão de pontuação, mas para 2020 irei me dedicar ao máximo e superar todas as dificuldades para realizar esse desejo", avisou.

Para expandir o Taekwondo e atrair cada vez mais simpatizantes, além de buscar novos talentos, Ieverson tem mantido um projeto social na Escola Municipal Juvenal Lamartine, na Zona Leste de Natal. O projeto é explicado pelo próprio professor: "Faço um trabalho social junto a uma escola do Alecrim, onde levamos o Taekwondo a jovens carentes dessa região. O Taekwondo tem agido como agente transformador na vida desses jovens, que em sua maioria moram em áreas de riscos, e isso em muito me orgulha", finalizou.

Atualmente, a Associação Natal Taekwondo Kim, que fica localizada no bairro das Quintas, é o centro de treinamento do atleta potiguar, que utiliza as instalações da academia para se preparar para as competições que disputa Brasil afora. Ieverson é a prova de que no Rio Grande do Norte existem talentos natos em modalidades pouco exploradas. Faz parte da doutrina da Agenda Natal, em sua coluna de esportes e assinada por este que vos escreve, buscar estes talentos e contar suas histórias. Esperamos que o sonho de disputar as Olimpíadas em 2020 seja realizado. Torceremos muito para isso, e quem sabe possamos cobrir, daqui a quatro anos, um atleta norte-rio grandense disputando a mais importante das competições da história.

 

Ieverson no pódio após vencer torneio disputado no Amazonas

Fotos: Arquivo Pessoal

Todo o conteúdo publicado nesta seção, é de inteira responsabilidade do seu autor. A Agenda Natal não necessariamente concorda com as opiniões aqui expressas e não impede a liberdade de expressão de cada pessoa que colabora com o site.

META